terça-feira, 19 de março de 2013

"Viver em Oeiras, hoje"



"Viver em Oeiras, hoje"


1 comentário:

Rogério Pereira disse...

Acho que é um tema que pode introduzir novidade... como resiste Oeiras à vaga, já que não é imune ao desatre (não há ilhas de bem estar)