domingo, 4 de agosto de 2013

Autárquicas em Oeiras e os políticos Yo-Yo




Os políticos Yo-Yo.

A política em Oeiras está definitivamente estranha. Depois de mais de oito anos a assistir a membros do PSD-Oeiras a fazerem a corte ao Isaltino de modo a garantirem uns tachitos  e respectiva subsistência, este ano verifico o estranho fenómeno de autarcas Isaltinos a lançarem-se nos braços do PSD-Oeiras. 

Alguém me explica o que se está a passar?

Recebo na caixa do correio um jornal de campanha do candidato Moita Flores ao lado do Sr. Joaquim Ribeiro, presidente de Junta eleito pelo Isaltino e ainda em funções. Estou incrédulo. Tenho estima pessoal pelo Sr. Joaquim Ribeiro mas não esqueço o clima de guerrilha e acusações pessoais a que me obrigaram (e aos outros membros) a assistir durante 2 anos e meio (não aguentei mais e renunciei entretanto) entre ele e a líder de bancada, minha amiga e ex-companheira Alda Lima.  Agora andam os 2 de 'braço dado' a apoiar o Moita Flores?

Alguém me explica o que se está a passar?

Porque será que os  IOMAF  preteridos nas listas se lançaram nos braços do aliado de sempre PSD-Oeiras desta forma tão cândida e sem mais?

E porque o PSD Oeiras aceitou este apoio?

Alguém me explica o que se está a passar?


9 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Parafraseando: A Política tem razões que a razão desconhece!

Também se poderia dizer que a promiscuidade entre o IOMAF e o PSD-Oeiras continua em alta.

Clotilde Moreira disse...

João: "Porque será que os...????"
Isabel "promiscuidade"...???
As respostas???

Rogério Pereira disse...

Boa malha! Vou partilhar no facebook

Afonso de Melo e Cunha disse...

Olá Isabel!

Como sabe os contratos swap estão agora na moda. Mas nesta marmelada antiga e rançosa entre o Isaltino e o PSD não existe um contrato swap, mas um contrato SWING!

Maria João Brito de Sousa disse...

Um blog que desconhecia... mas que terei muito prazer em partilhar na minha página do Facebook!


Maria João

Rui Freitas disse...

Amiga Isabel, constato o espanto do amigo João Salgueiro, o que me leva a perguntar-lhe (a ele, claro) se só agora se deu conta da dita promiscuidade, "hábito" que venho denunciando no meu "Pinhanços dixit..." desde 2006?!
Esse "swing" vem de longe e foi protagonizado por aqueles a quem apelidei de "laranja/verde-alface". Existiu e continua a existir porque, se assim não fosse, muitos tachos se perderiam e a vidinha está difícil...
Se leu o "Jornal de campanha", verificará que não foi apenas o autarca de Algés que "mudou"; houve outros e muitos mais que estiveram no PSD Oeiras, saltaram para o IOMAF e voltaram ao PSD Oeiras.
Dizer o quê? Promiscuidade, é pouco!

Isabel Magalhães disse...

Caros leitores

Maria João Brito de Sousa e Rogério Pereira

Gratos pela partilha.

IM

Isabel Magalhães disse...

Bom dia, Rui Freitas;

"Sabemos" isso. Sou leitora antiga do "Pinhanços", andei nas campanhas de 2005 e 2009 e estamos aqui "no ar" desde 13.5.2006.

Até há por aí fotos de alguns com "t shirts" variadas. ;)

Abraço

Isabel Magalhães disse...

Caro Afonso de Melo e Cunha;

Eu diria que entre o Isaltino e o PSD-Oeiras existe um casamento SWING.