quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Fui ao Bugio



No passado sábado dia 20 de Julho com partida do Porto de Recreio de Oeiras fui com um grupo da Associação Espaço e Memória ao Farol do Bugio.
Este passeio foi organizado pela Junta de Freguesia de Oeiras, com o apoio da Direcção de Faróis e realização da Espaço e Memória, Associação Cultural de Oeiras.




Este farol alumia as noites da barra do Tejo. De dia é um passeio magnifico.
Fomos guiados pelo Amigos José Meco e Joaquim Boiça. Voltaremos a este assunto.  


Mais visitas ao Bugio aqui e aqui

Imagens: Ágata Branco

4 comentários:

Rogério Pereira disse...

Há sempre um interregno para coisas belas...
Ir "bugiar" é uma delas!

(Foi bom, não foi?)

Clotilde Moreira disse...

E agora será preciso informar e alertar para a necessidade de se intervir com urgência no seu interior.

Isabel Magalhães disse...

No artigo que escrevi em Agosto de 2007, sobre a minha ida ao Forte e Farol do Bugio, também mencionei e fotografei o estado de degradação em que se encontrava o seu interior nomeadamente a Casa dos Tanques e a Capela. Todas as áreas interiores estão sob a responsabilidade do IPPAR. O que está ao cuidado da Marinha está bem preservado.

Não sei se o José António Baptista, no artigo que escreveu em 2006, também aborda o assunto.

Clotilde Moreira disse...

Tenho uma ou duas fotos do interior que mostram o abandono actual, que irei colocar muito brevemente.
Penso que "alguém" devia começar a olhar melhor para este monumento.