quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

2010 – Algés – 48

O fim…





Serviram para andar. Depois, ainda inteiros, deixaram de ter uso. E cuidadosamente foram deixados ao canto, na rua esperando por novo dono. Mas quem passou abriu, viu: não era oiro nem prata, atirou, pontapeou e foi-se embora.

Estaremos tão ignorantes que não sabemos onde entregar para serem aproveitados?

Apelo às entidades para encherem as vitrinas e montras com indicação onde entregar.



Imagens: MCM


2 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Francamente! Alguns estão novos, quase por estrear! Mas o que importa mesmo é a falta de civismo, a falta de respeito pelo espaço que é de todos. A falta de educação. Enfim...!

Rita Araújo disse...

Falta-lhes civismo e atitude.