quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Uma pequena emenda

Mais contratos de Outsourcing na Câmara de Oeiras

Noticias BE OEIRAS

Posted by L.O.Lopes em 1 de Dezembro 2010 aqui.



Segundo o que tenho acompanhado, a CDU, quer na Câmara quer na Assembleia Municipal tem-se abstido nos contratos de Outsourcing para a manutenção de Jardins que atingem valores muito elevados. A administração directa talvez fosse muito mais económico.


Porém parece que à CMO se têm deparado algumas dificuldades em contratar pessoal dado os baixos salários destas categorias e também estar condicionado o recurso a horas extraordinárias dos em exercício. Depois há ainda o enquadramento legal de tais contratações – processo de recrutamento que atinge um ano.


Há cerca de um ano a CMO terá considerado como saída para este problema a criação de uma Empresa Municipal que teria mais agilidade na contratação e na gestão dos Recursos Humanos e encargos muito menores do que os inerentes aos Outsourcings. Esta é a informação que tenho e não a que é publicada, de que a E.M. seria da autoria da CDU.


A CDU não se pronunciando sobre esta solução apenas tem solicitado que se faça um estudo económico sobre o assunto, de modo a que se demonstre a bondade ou não de tal solução pois se temos jardins e os desejamos bem tratados temos de encontrar uma solução. Sabe-se também que área de jardins duplicou desde 2005, e que realmente a CMO não tem pessoal suficiente para a assegurar a sua correcta manutenção e por isso tem recorrido aos tais Outsourcings.


Claro que se trata de um problema complicado.

9 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Deve haver uma acta para confirmar quem disse o quê!

CS SINTAP disse...

D. Clotilde e D. Isabel: nós temos alguns documentos sobre todo este processo nebuloso dos outsourcing (externalização de serviços), temos algumas Actas e as que não temos (e outros documentos) pedi-las-emos oportunamente ao Presidente da CMO. Ao contrário do que aqui é afirmado pela D. Clotilde Moreira, a CDU tem votado FAVORAVELMENTE a esmagadora MAIORIA das propostas do Executivo. Ao contrário da nossa organização, o STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local, tem mantido um "silêncio ensurdecedor" sobre este e outros assuntos. Ao contrário do que é afirmado a CDU opõe-se à criação de Empresa Municipal, sabe que será mais uma no rol das "jobs for the boys". Oportunamente faremos alguma "luz" sobre este e outros assuntos.

Isabel Magalhães disse...

Obrigada.

Ficamos a aguardar para esclarecimento nosso e dos leitores.

Clotilde Moreira disse...

Estou a tentar arranjar tempo para me documentar mais sobre o assunto dos jardins mas o que consegui apurar é que a CDU não propôs a Empresa Municipal.
Sobre outros assuntos não faço control sobre as votações.
Clotilde

Clotilde Moreira disse...

Ao CS SINTAP
Quanto à afirmação "a CDU tem votado FAVORAVELMENTE a esmagadora MAIORIA das propostas do Executivo"
lembro que que na reunião extraordinária da CMO de 26 de Novembro a CDU não aprovou as GOP nem o Orçamento para 2011.
Clotilde

CS SINTAP disse...

Como o assunto em causa neste "post" era os jardins e espaços verdes, a afirmação de que "a CDU tem votado FAVORAVELMENTE a esmagadora MAIORIA das propostas do Executivo", obviamente que nos referíamos aos espaços verdes e jardins.

Anónimo disse...

Eu acho que se devia fazer um estudo para se decidir a melhor opção. Temos o exemplo de Cascais com a EMAC. Pode ser uma hipótese viável, quem sabe.

Anónimo disse...

O Presidente já anda a falar no estudo desde 2008. E nada. É só para ganhar tempo e dar dinheiro a ganhar aos amigos.

Anónimo disse...

A CDU pela voz do Sr Deputado Municipal Daniel Branco sugeriu a criação de uma Empresa Municipal para tratar dos espaços verdes. Basta lerem as actas da Assembleia Municipal!