terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sugestão aos Bombeiros de Algés

Artigo publicado hoje no Correio dos Leitores, J.O.



Não sei se haverá meios técnicos e financeiros, mas face à indiferença dos perigos que um mau estacionamento pode ocasionar em caso de um incêndio ou outro acidente, sugeria que os Bombeiros de Algés sem aviso prévio, ensaiassem uns simulacros de socorro nas várias ruas que qualquer pessoa vê que estão obstruídas com carros mal estacionados. Claro que tal procedimento deveria ser antecedido de uma informação geral sobre a necessidade de testarem equipamento, homens e meios na Freguesia a qualquer hora do dia. Tais simulacros não necessitariam de grande sirenes. Seria mais testar os não acessos.

Talvez o cidadão, as autoridades incluindo a Policia e Protecção Civil, de uma vez por toda, fossem confrontados com os perigos que uma indiferença instalada e consentida pode ocasionar. Talvez em face dos carros de Bombeiros sem passagem, o “fogo” a crescer e os “figurantes” atingidos, se encontrassem procedimentos e atitudes que nos dessem uma esperança de segurança.

Às vezes são precisos absurdos para abanar a indiferença. Face aos problemas encontrados nestes simulacros já não haverá razão para uns andarem sempre a falar do perigo porque outros estarão atentos à sua resolução. E talvez testar com simulacros idênticos toda a segurança deste Município.


Maria Clotilde Moreira / Algés


15 comentários:

Anónimo disse...

A D. Clotilde, pessoa que estimo e respeito, não percebe o que é uma Associação de Bombeiros.
Se percebesse um mínimo, nunca escreveria este post!
Desde logo, os bombeiros não são "palhaços". Que é isso de servirem de alerta para, esses sim, palhaços que deixam as vias obstruídas para ficarem com a sua viatura guardada "debaixo da cama"!!??
Os Bombeiros e muito menos os do Concelho de Oeiras não são MECENAS. Se fossem, não tinham problemas com custos dos "simulacros". Como não são, onde vão encontrar verbas para fazer face aos custos de manterem as suas frotas operacionais!!??
Certamente não é, não continuará a ser, aos bolsos daqueles que deveriam ajudar, sendo associados, apesar de serem, como munícipes, os primeiros a beneficiar em caso de emergência, da existência de BOMBEIROS. AQUELES que LHES PODEM garantir vida!!!!! Just, em caso de EMERGÊNCIA!!!!

Clotilde Moreira disse...

Anónimo das 22.44
Não chamei palhaços aos Bombeiros. É pena não ter percebido. Outros terão compreendido.
Clotilde

L.O.Lopes disse...

De facto mais um que não percebeu a mensagem. Lamenta-se!

Anónimo disse...

Realmente começa a ser preocupante a falta de compreensão dos escritos. Aqui no OL há já uma quantidade de comentários que revelam este estado de coisas.
Afinal aqui apela-se à intervenção dos Bombeiros instituição séria e credível para sensibilizar a sociedade e as autoridades para situações perigosas.
De Tercena

Isabel Magalhães disse...

Caro De Tercena;

Também acho preocupante na medida em que a autora do artigo começa logo por dizer 'Não sei se haverá meios técnicos e financeiros'. O simulacro de acidentes é comum e visa testar as reais capacidades das Corporações e da Protecção Civil. Nada de novo até aqui! Que depois o anónimo do dia 18 se perca na meia-dúzia de linhas do artigo, se baralhe e inverdade é triste. Também é triste que a mão que atira a pedra se esconda no anonimato. Enfim! feitios|

Rita Araújo disse...

Pois.....
Os Bombeiros Voluntários de Algés andam demasiado ocupados para estas coisas.....
Com o seguinte:
- Obra de construção de Bomba de Gasolina - só por isto recebem 192.500 € duas vezes (na data da emissão da licença de construção e na data da emissão da licença de utilização do posto). A exploração do posto tem um prazo de 30 anos. Os Bombeiros de Algés irão receber uma renda varíavel de 5 cêntimos por cada litro vendido.
Os Bombeiros irão também receber uma renda mensal de 1.250 euros, correspondente a um montante anual de 15 mil euros, actualizável anualmente. Não há verbas? Vão pedir mais ao Município? Coitadinhos, são tão pobres....
- Lavagem de viaturas pessoais- só quem vê (e eu vejo), pode falar, claro, mas a água que se desperdiça aqui... E não são só as viaturas pessoais, são também os camiões das empresas onde trabalham, roulotes, etc....
- A piscina....alguém sabe da piscina dos Bombeiros de Algés? A Agua que gastam num tanque mal amanhado, e ainda por cima com camas de descanso para os familiares e amigos em aprazíveis dias de sol, e ainda dizem que é para treino... só se for para treinar o bronze. E à custa dos munícipes!
- O toque da sirene: alguém mora perto dos Bombeiros de Algés? É que é horroroso o toque do meio dia. Talvez no centro não se note tanto, mas para quem mora perto, é do mais desumano que há.
- Os treinos- sem preocupação pelos demais, o fumo e o cheiro invade as casas mais próximas, suja a roupa estendida.
- os cães: nos Bombeiros de Algés há cães, mas não fazem parte de nenhuma equipa cinotécnica- apenas foram recolhidos por graça e andam soltos, a deixar excrementos em tudo quanto é lado e a assustar as pessoas- de nada adianta fazer queixa- a Policia Municipal já lá foi e encontrou sempre os cães presos em 3 ocasiões diferentes (que conveniente!)
- Desmanchar Porcos- desculpem lá, não posso evitar: até porcos inteiros são desmanchados na "oficina"
-por falar em oficina, claro que o dinheiro do Município também tem de ser investido nos motores das viaturas pessoais...
- A horta: não podia faltar a vertente "ambiental", talvez para compensar o que gastam em água, cultivam couves naquilo que parece um quintal terceiro mundista- será que se arranja um lugar na praça para os senhores?
Será que chega ou precisam de mais?
Também temos.
Caso seja necessário, temos fotos disto tudo.

Clotilde Moreira disse...

Rita Araújo

Muitas das coisas que aponta deveriam ser colocadas primeiro aos responsáveis por esta Associação para ajudar a corrigir estes comportamentos que, realmente, não parecem correctos. Ou talvez numa sessão pública da Junta de Freguesia ou Assembleia de Freguesia para que estes eleitos fossem sensibilizados para intervir junto desta Associação.
Clotilde

Anónimo disse...

D. Clotilde Moreira, comprende-se a sua intervenção, mas, segundo o que relata a D. Rira Araújo, AQUILO É UM NOJO.
POIS SE EXISTEM CADÁVERES (embora de animais) ESQUARTEJADOS NAQUELE ESPAÇO, ESTAMOS PERANTE UM PERIGO PUBLICO.
Há que camar a ASAE já.
É o que vou de imediato fazer.

Rita Araújo disse...

Em relação ao que que relatei, posso confirmar que os responsáveis da referida Associação já foram confrontados. E não só. A Câmara, a Junta, até jornais. Chegaram ao cúmulo de afirmar que, se não fosse a "piscina", os homens iam para a praia e não estariam tão disponíveis para ajudar a população. Noutra ocasião, a "piscina" era para treinos. Já não treinam desde o Verão,é pena, porque perdem a práctica. Quando os cães ladram incessantemente à noite, ligamos para lá, e a resposta que obtemos é: "Deram-nos os cães, o que quer que façamos? Que os mandemos abater?"
Quando a sirene soa, ligamos, e dizem que é tradição, não interrompem. Infelizmente a minha ocupação profissional não me deixa tempo para ir às Assembleias, pelo que massacro constantemente com mails a Junta e a Câmara há vários anos com estes e outros assuntos. Claro que as respostas variam sempre entre o vago e o muito vago.

Isabel Magalhães disse...

Realmente a sirene do meio-dia não se justifica; já não há trabalhadores rurais a quem é preciso avisar...
Vivo perto dos BVD e sei o que é o barulho da sirene.
As ambulâncias com e sem doentes - principalmente sem - não precisam das sirenes ligadas da forma que todos sabemos que acontece.

Anónimo disse...

Atento à leitura de todos os comentários, concluo que os "maus da fita" são mesmo e só os ... bombeiros.
O teor da peça colocada não visava esta mordaz crítica dos moradores!!!
Será que se "picaram todos" com o facto de ... pretenderem ter as suas viaturas parqueadas ao lado dos ... chinelos de quarto???
Moradores muito ingratos para ... os sempre disponíveis bombeiros.

Anónimo disse...

Boa Tarde,

Faço minhas as palavras da D. Rita Araújo.
As janelas da minha casa dão para os Bombeiros e posso dizer que este quartel é uma afronta para todos os bombeiros do país.
Aliás os próprios bombeiros de outras cooperações acham lametável e absurdo o estado deste quartel e o próprio comportamento dos Bombeiros de Algés.
Com isto não quero tirar o mérito do trabalho que os Bombeiros do nosso país desempanham

Anónimo disse...

Se a pessoa que cghama ingratos as pessoas que tem que conviver diarimente com este "inferno", talvez já não dissesse que as pessoas são ingratas.Os Bombeiros de Algés são realmente uma nódoa para todos os Bombeiros do nosso país.

Clotilde Moreira disse...

Fico infeliz com as informação que aqui são colocadas sobre os Bombeiros de Algés. Não duvido delas pois não acredito que se diga mal só para passar o tempo. Muito deveria ser emendado e também sei que já há pessoas informadas sobre as criticas. Esperemos que se possa melhorar estes comportamentos.
Clotilde

Anónimo disse...

Se o "fenómeno " bombeiros não cheirasse a desperdício e a dinheiro mal gasto algumas personagens da pequena política deste concelho não estariam ligados a estas instituições . Veja-se o Dafundo e a Protecção Civil .