sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Frases do debate - V

O candidato da CDU foi elegantemente contido mas, deve estar habituado à forma histriónica como Isaltino Morais se comporta. Afinal conhece-o há 20 anos.
Pena foi que não desenvolvesse muito mais a questão dos transportes e da Mobilidade. Sabe, é que assim, à priori, eu não concordo muito com a sua posição relativamente ao Metropolitano.
Mais uma vez Isaltino mandou-lhe um "boquinha gordurosa": que o sr. na Assembleia Municipal zelava pelo cumprimento da boa gestão da CMO. Eu acho que deve esclarecer isso porque me parece que Vexa, sem maioria absoluta, pouco poderia ter feito.
E se resolverem fazer uma auditoria à CMO, - Recursos Humanos incluídos - a coisa talvez não seja muito abonatória. Digo eu... mas não sei...

9 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Uau! O Engº está um charme!

("O charme discreto da burguesia")

Até vai haver bicha à porta da Assembleia Municipal...

Quando é a próxima sessão? lol

Anónimo disse...

Para todos aqueles que têm sido críticos da gestão do Dr. Isaltino Morais aqui vão alguns números interessantes retirados do relatório de gestão de 2008.

Ora cá vão. No que respeita à despesa corrente, ocorreu uma redução de 2,11% entre 2007 e 2008. Contraria-se portanto a tese do despesismo. Já a despesa de capital, correspondente ao investimento cresceu 30,5%. Ou seja, existe mais investimento.

No que respeita ao endividamento é importante precisar que a CMO possui uma condição financeira bastante sólida. O passivo é de 88 milhões de euros, bem dentro dos limites do endividamento. Desse passivo, apenas 20 milhões são exigíveis a curto prazo. Os resultados líquidos de 2008 são de 17 milhões de euros.

No que respeita ao mandato da Dr. Teresa Zambujo também me cabe mostrar alguns números. Em 2003 a despesa corrente era de 59 milhões de euros. Em 2005 era de 70 milhões de euros. A que se deve este aumento?

Também no que respeita ao endividamento existem grandes diferenças. Em 2006 o endividamento líquido era de 63 milhões de euros. Em 2008 o endividamento líquido é de apenas 54 milhões de euros. Mais uma vez se contraria a tese de despesismo e má gestão da equipa de Isaltino Morais.

Anónimo disse...

As teses contra o Isaltino são mais que muitas basta ver o debate em que o ainda Presidente levou na cabeça o debate todo. Foi um desastre. A participação de Isaltino no debate foi o espelho do mandato.

Anónimo disse...

Má gestão é não saber o que fazer com a despesa corrente que aumenta a olhos vistos.Como pagar os salários daqui a uns anos. À custa dos SMAS?

Makaveli disse...

Oh Meu caro anónimo e não houve aí umas engenharias financeiras?

Tipo receitas extraordinárias adicionadas e tal?

Milagres e Santos são cada vez mais raros...

AFS disse...

Isabel,

Vão ser as Amilcaretes ou as Campetes? Amilcaretes soa mesmo bem ;)

Oeiras Local disse...

«Amilcaretes» parece-me bem......

Isabel Magalhães disse...

Também voto em 'Amilcaretes'!


Boa associação. Marcou pontos! :)

Isabel Magalhães disse...

Tiazoca;

Essa da Auditoria incluindo os Recursos Humanos é muito pertinente.