domingo, 20 de setembro de 2009

Perestrello diz que Isaltino é o maior problema do concelho

O candidato socialista à Câmara de Oeiras, Marcos Perestrello, considerou hoje que o "maior problema" do concelho é a candidatura do actual autarca, Isaltino Morais, devido à "situação jurídica em que se encontra".

No discurso da apresentação oficial dos candidatos socialistas ao concelho de Oeiras, Marcos Perestrello disse que "neste momento, o maior problema de Oeiras foi o dr. Isaltino Morais quem o criou, ao insistir cega e teimosamente em candidatar-se na situação pessoal, política e jurídica em que se encontra".
O candidato socialista sublinhou que "Oeiras não pode aceitar que o argumento de que alguém fez obra seja usado para dispensar esse alguém de cumprir a lei e respeitar a ética", referindo-se ao autarca.
"O bem que Isaltino Morais fez no passado a Oeiras está a ser destruído pelo mal que agora lhe está a fazer com a sua candidatura", rematou.
Liderando a candidatura socialista, Marcos Perestrello assumiu uma "incompatibilidade fundamental, ética e política com o ainda presidente da Câmara no exercício futuro dos mandatos".
O PS excluiu "temas tabu" em período eleitoral autárquico, negando qualquer "disponibilidade para fazer de conta que nada se passou de grave".
Durante a apresentação dos candidatos, Marcos Perestrello afirmou que programa eleitoral socialista para Oeiras será divulgado durante a semana, avançando com algumas intenções a seguir no concelho: o alargamento da auto-estrada de Cascais (A5), trazer a linha vermelha do metropolitano de Lisboa até Oeiras, transformar o SATUO [Sistema Automático de Transportes Urbanos de Oeiras] num sistema de eléctricos rápidos, a modernização da linha da CP, centrar a política de habitação na classe média.
"Com Oeiras a sério, temos a alternativa. Queremos que se volte a falar de Oeiras não por más razões, mas pelas boas", concluiu o candidato socialista.
Isaltino Morais foi condenado, em Agosto, a sete anos de prisão efectiva, a perda de mandato e ao pagamento de uma indemnização, quando o Tribunal de Sintra provou a culpa do autarca em fraude fiscal, abuso de poder, corrupção passiva para acto ilícito e branqueamento de capitais.
Na cerimónia foram apresentados o candidato à Assembleia Municipal de Oeiras e ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, José Vieira da Silva, o mandatário da campanha e presidente do Comité Olímpico Português, Vicente Moura, e os candidatos às dez Assembleias de Juntas de Freguesia e à Assembleia Municipal.

27 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Aguardo 'ansiosamente' a resposta da 'Raquel & Família, Lda.'


:D

Pedro disse...

Para quem atacou a Dr. Isabel Meireles, por, no debate, focar no ataque pessoal ao Isaltino, parece que acabou de fazer o mesmo. Ainda para mais num discurso de apresentação de candidatura. Este senhor consegue mostrar alternativa com propostas que consiga executar, com os poderes autárquicos, e não com propostas legislativas?

Anónimo disse...

A melhor resposta é o desprezo!

Isabel Magalhães disse...

No debate TVi (congeminado para branquear a figura do edil condenado) o candidato cor-de-rosa fez exactamente o mesmo. Atacou a Dra Isabel Meirelles para acabar a dizer a mesma coisa, i.e., fazer as mesmas propostas que ela.

Anónimo disse...

O Marcos Perestrello não é solução para Oeiras. Quando esteve em Lisboa não fez obra e mesmo assim aumentou a despesa corrente primária. Ele não passa de um "boy" socialista.

Anónimo disse...

E já agora gostava de saber quais são as suas propostas que podem efectivamente ser realizadas pela câmara. P. ex.: mais estacionamento.

Anónimo disse...

O candidato socialista sublinhou que "Oeiras não pode aceitar que o argumento de que alguém fez obra seja usado para dispensar esse alguém de cumprir a lei e respeitar a ética", referindo-se ao autarca.

Mas isso é o que a CMO, usa neste mandato, bem como no anterior, especialmente na fase TZ.

As dispensas, usam-se para compensar alguém / alguns...

Estranho ninguém falar no assunto, especialmente os opositores aos concursos de admissão de trabalhadores para contratos por tempo indeterminado, na CMOeiras.

É só Cunhas.

Os concursos foram abertos para meterem todos os contratados a termo certo, com contratos "precários"?

Com contratos o quê?

Tão amiguinhos que eles são, com funcionários contratados há mais de doze anos, têm a coragem de falar em "precaridade"?

E mais, alguns destes contratados, antes de se apresentarem às provas escritas, são convocados pelos Recursos Humanos, onde é-lhes dito, se devem ou não apresentarem-se às provas escritas, etc, etc, etc,...,e mais não digo.

Em concursos, como o de Engenheiros electrotécnicos, nenhum dos elementos do júri é licenciado em Engenharia Electrotécnica.

Como é que podem classificar algum dos concorrentes?

Reflete a vergonha que é a CMOeiras, não ter nos seus quadros engenheiros electrotécnicos.

Se calhar ainda os vão buscar a Lisboa, ou a Odivelas...

Para meter certos amigos neste concurso e no de Engenheiros Civis, abre os concursos e não exige aos candidatos a inscrição na Ordem dos Engenheiros.

Ou seja, vão entrar nestes dois concursos elementos que já trabalham na CMO, com uma Licenciatura de Bolonha,(3 anos), ou com licenciaturas não reconhecidas pela Ordem dos Engenheiros, em detrimento, de outros com licenciaturas de 5 (cinco) anos, mas, como são "pretos", não entram.

Já no concurso de Engenharia Mecânica, para defenderem certos e certas candidatas, exigiram, justamente que só poderiam ser admitidos candidatos com inscrição na Ordem dos Engenheiros.

Mas que Justiça é esta?

Se nestes três concursos, as irregularidades têm barbas com metros, imagino o que não será nas dezenas de concursos que decorrem na CMO?

Toda a gente tem medo de falar nisto, será que o "OL" pode dar uma maior ampliação e lançar o tema?

Até agora nenhum dos candidatos tem falado em pessoas.

Será que têm algum acordo estratégico?

O actual presidente, e a sua equipa de dirigentes, nada tem feito pelos funcionários, durante estes dois mandatos consecutivos, não esquecendo como é óbvio o curto mandato de TZ.

Os politicos não podem só pensar em Obras e no Betão!!!

AS PESSOAS EXISTEM!

João Paulo disse...

Mas o Macos perestrelo tem alguma proposta sem ser as propostas do PS legislativas? que faria ele se Ps perdesse? Coitado nada tinha para apresentar, andava á deriva como andou em Lisboa.

Anónimo disse...

Pessoal, só não sabe quem não quer, ele só gosta é de "néguinhas".

E o resto, são tretas.

Carlos disse...

Se as pessoas existem?

- Isso é perguntar ao isaltino Morais e a tudo aquilo que ele fez nos ultimso 25 anos (1/4 de século).

Favoreceu os empreiteiros, enriquece ele mesmo e lixou o POVO das Nossas freguesias.

Anónimo disse...

De facto é o único que assume propostas concretas. E cujas propostas são as que se discutem.

Anónimo disse...

Para Perestrelo Oeiras é o problema. Ele tenta é que Isaltino seja a sua solução.Errou!

Anónimo disse...

Há muito que a CMO deveria ter a Judite a investigar os Recursos Humanos, os pareceres dados pelos técnicos, a subida de técnicos a técnicos superiores, apenas com CESES, (Cursos de Estudos Superiores Especializados), que não são licenciaturas, mas funcionaram como licenciaturas a muitos e muitas das actuais dirigentes.
Alguns destes, apenas eram Bachareis.

Anónimo disse...

Quais são as propostas concretas que ele propõe? Se disserem que tem as propostas que o Governo propõe ainda acredito...

Anónimo disse...

Isaltino talvez vá solucionar problemas da choça.

Zé disse...

Concordo com o Carlos.

Há os que sabem e os que não sabem que foi feito por "baixo da mesa".

No fim quem saiu prejudicado foi sempre a população.

Anónimo disse...

E como sempre o assunto a desviar!

Falem sobre os recursos humanos.

Não têm coragem?

Ou os comentários são abafados?

Anónimo disse...

Recursos humanos? Mas o que é isso? Pessoas ou recursos? Fala-se da CMO e da gestão Isaltino? Nos SMAS, aqui mesmo ao lado, com uma gestão PS da Amadora fazendo parte do acordo IOMAF-PS, passam-se coisas ainda piores ao nível dos ditos recursos, também humanos. Situações de evidente favorecimento de meninas recém chegadas, classificações de muito bom e excelente a quem se põe debaixo ou vem por cima(?), um Presidente (Isaltino) que nunca pôs cá os pés, o tal que se preocupa com o bem dos funcionários, chefias pressionadas ou afastadas porque os meninos da Amadora e o Raposo, o verdadeiro Presidente dos SMAS, assim o determinam. Corra-se com esta gente!

Anónimo disse...

Caro candidato Perestrello

A bem do concelho de Oeiras, o que o mesmo é dizer " A bem da Nação", vai ou não viabilizar o governo oeirense da provável maioria relativa de Isaltino Morais, na linha dos seus queridos antecessores, do mesmo partido no mesmo burgo? Como dizem nas TVs, por onde aparece feito respeitável comentador, a resposta tem que ser: Sim ou Não ?!

Os 3 Mosqueteiros de Oeiras

Anónimo disse...

O Isaltino por todos os motivos e mais alguns vai perder e bem. Depois a 11 de Outubro vão-se lembrar desta anónima.

Anónimo disse...

As RAQUELITAS DE BADAJOZ em jogo.

Srª IM marque falta, fora-de-jogo, a estas meninas.

Demonstre a sua classe.

Como 7ª elemento da arbitragem, elimine as traças e mantenha o tema.

Anónimo disse...

A tripla do costume:

Lisboa, Badajoz e Melo.
Quase que me apetece cantar:
Lisboa, menina e Moça...

Desapareçam!

Anónimo disse...

Oi,

Ando muito atarefada e por isso não tenho estado "on" as vezes que gostaria, mas venho aqui só para dizer que acho indecente a campanha suja que o jovem do PS está a começar a fazer contra o nosso Autarca. Como o Marcos P. já percebeu q as suas ideias não colam resolveu dar inicio aos ataques rasteiros com acusações que em nada dignificam o esclarecimento cabal dos eleitores. Eu acho que deveriamos discutir programas e o programa do Marcos P. quer pôr um eléctrico rápido em cima do SATU alargar as faixas da A5 e pôr o metro em Oeiras. Isto é ridiculo e mostra que aquele candidato não tem a minima noção do que é o Concelho de Oeiras, será que ele é mesmo de Oeiras? Será que ele conhece Oeiras? Será que ele já teve algum emprego sem ser a trabalhar p o seu partido ou em tachos arranjados pelo seu partido? Qual o curricolo deste candidato? O q é q ele na sua vida já fez de relevante? É isto que queremos para Oeiras?
É muito triste, muito triste mesmo ver este achincalhamento a Isltino Morais. Se ele é e pode ser candidato discutam-se os programas as ideias, a Obra feita o presente e o futuro.
Uma coisa é certa. O Isaltino Morais é um grande Homem, um Senador de Portugal, um "Marcelo" um "Soares" um "Mourinho" um vulto de um carisma impressionante e um grande fazedor de sonhos, porque com Isaltino os sonhos tornam-se realidade. É por isso que eu dou o meu voto e o do meu marido a este Senhor q tanto nos dignificou c a possibilidade de vivermos num conselho moderno cosmopolitano e q até no estranjeiro serve de exemplo e é um case study.

Raquel

Anónimo disse...

Minha cara Raquel,
Percebo bem que ande ocupada, pois pelo que escreveu percebe-se que anda a orientar a sua vida, pelo menos por mais 4 anitos...
Admite voçe, que um magistrado não saiba que não declarar rendimentos é um crime!!Será que os funcionarios da camara que trabalham(fazem obra) também podem enriquecer a roubar como o seu "Senador"!!!
Quero recordar-lhe que o homem faz o cimento, alguns eriquecem com ele, mas o cimento e o betão não fazem nada!!!
Questione o seu senador quanto custa ter um SATUO a circular sem utentes!!!Questione o seu senador acerca dos procedimentos da CMO a quem não paga o imposto municipal sobre imóveis???Se os municipes alegarem que não sabiam, fica tudo bem???Pergunte-lhe o que ele fez ao 2 cavalos que tinha quando chegou a oeiras com uma mão à frente e outra a atraz??
Já agora e como ele foi "juiz" questione-lhe acerca da dificuldade que existe em fazer prova de crimes, e se ele não sabe que por cada acsação que se consegue provar fica 10 sem efeito,por falta de provas!!!
Em consciencia votar na iomafia, é dar azo à roubalheira em oeiras, pelo simples facto de fazer o que se propoem fazer, o seu trabalho!!!

Anónimo disse...

Mas desde quando é que a Amadora dá cavaco a Oeiras e Oeiras dá cavaco à Amadora sobre os administradores que cada um nomeia para os SMAS? Há quem deva andar com alucinações.

Anónimo disse...

Agente não sabe se os da CMA e CMO e administradores dos SMAS de Oeiras e Amadora se passam cartão, mas blog juntos já têm, não é caros administradores dos SMAS de AOAO?
Numa boa, né?

Anónimo disse...

Oh Raquel,
O seu tio Isaltino deve ser senador é da roubalheira!
E você Raquel para escrever o que escreve aqui deve ter um bom "tacho" dado por ele e está com medo de o perder.
Resumindo Raquel você já não engana ninguém porque toda a gente sabe que votar no Movimento Isaltino é votar na roubalheira ao contribuinte!