sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Comentários do "OL"

"Taguspark: Auditoria “erros financeiros”":

Este Nuno Crato é o sublime professor de matemática, Presidente da Associação da mesma que estava permanentemente nas televisões a criticar os exames porque não era ele que os fazia nem os seus Boys. Um belo dia, segundo ele, encontrou o seu grande amigo Isaltino de Morais, Presidente da Camara que é detentora da maior parte do CAPITAL DA TAGUS PARK. Então num acto de grande amiguismo o Isaltino convidou-o para ocupar o lugar do Tomatti. Como o Crato não tem formação de gestão e Administração o Isaltino deve ter posto a ajudá-lo aquelas senhoras que pululam na CAMARA. ASSIM UM MATEMÁTICO CRITICO TRANFORMOU-SE NUM BOY DO ISALTINO, O SUPRA SUMO DA HONESTIDADE. É A VIDA COMO DIZ O OUTRO É PRECISO É GANHAR 18.000 EUROS E O RESTO É CONVERSA.



Publicada por lidiasantos almeida sousa em OEIRAS LOCAL a 26 de Novembro de 2010 19:00

4 comentários:

Anónimo disse...

18 mil euros? Eu também quero. Como posso ser convidado?

Helder Sá disse...

Quem vai ser responsabilizado pelos "erros financeiros"? Até agora conhecia a expressão "buraco financeiro". Será fruto do acordo ortográfico (que este blogue não subscreve e eu também não)? Estamos sempre a aprender..."Erro financeiro". E esta, hem?

Anónimo disse...

Ezequiel Lino.
Gostaríamos que o blogue fizesse uma pesquisa sobre "esta iminência parda".
Depois de tantos anos na CMS, como PRESIDENTE, vem parar a Oeiras. O que achou o "nosso" para ir requisitar um "camarada"?
Assesorias a quanto "obrigas".
Quais os grandes motivos que levam a esta "requisição"? Os oeirenses não se intrigam? Não têm curiosidade em saber se foi só pela competência? Estes "pormenores" em que esteve envolvido revelam a sua personalidade?
Que ligações tem um "grande dinossauro autarca" a um Presidente como o "nosso"?
Que comentários tem a CDU a fazer?
Há quantos anos saíu do partido?
Pensamos que o Mário Crespo queira fazer a pesquisa.
Agradecemos.

Isabel Magalhães disse...

Caro Leitor das 20:19;

«Gostaríamos que o blogue fizesse uma pesquisa sobre "esta iminência parda".»


Tenho uma contra-proposta. O Leitor faz a pesquisa, envia-nos e nós publicamos. Com nome ou pseudónimo.

Concorda?


Continue connosco!