segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Sócrates assinou plano de pormenor inexistente


Rui Freitas - É para quem "esqueceu" que o "caso BPN" não é exclusivo do PSD...

Via FB 

7 comentários:

José António Lourenço Martins Baptista disse...

.
A pouco e pouco vê-se cada vez mais o rabo do gato..

Um gato amaricado, mas um gato.
Que nem sabe esconder o rabo.

Tenhamos esperança que não saia aos seus e não tenha sete foles.

Ah, os gatos são muito atreitos a pneumonias... E em Paris neva...
.

Isabel Magalhães disse...

Fôlegos, José! Foles têm as gaitas! :D

José António Lourenço Martins Baptista disse...

Era uma subtileza... :)

Ruvasa disse...

A notícia enferma de dois vícios, um grande outro de pormenor, a saber:

A cidade tem actualmente 120 mil habitantes e não 90 mil ("7.500 fogos para 30.000 pessoas, ou seja um terço da população da cidade").

Este, o erro de pormenor.

O de fundo, é que a zona em referência é a única por onde a cidade se pode expandir, já que para o lado das restantes é impossível. E isso tem excepcional importância para a notícia e foi omitido.

O facto não absolve o abuso de poder e a trapalhada habitual para o fim em vista, ou seja, a negociatazinha, mas tem que ser igualmente tido em conta.

Leite Pereira disse...

Estes casos do Sócrates, como este, o dinheiro na família, o curso, etc. faz-me lembrar o Vale e Azevedo que enquanto Presidente do Benfica ninguém lhe tocou, pouco depois estava preso e condenado. Com o Sócrates está a passar-se o mesmo. Só agora é que se veio a saber tudo isto? É óbvio que temos 2 justiças: uma para os poderosos que, com geitinho safam-se ou só vem a ter problemas depois de largarem os cargos a outra é para os pobres. Não esquecer a mulher que roubou 2 maçãs num super mercado e foi a julgamento!

Isabel Magalhães disse...

J;

Era uma chalaça... ;)

Isabel Magalhães disse...

Ruben;

Tudo o que possa esclarecer é bem-vindo.