quarta-feira, 14 de abril de 2010

Gestores da Taguspark esconderam de Isaltino valor do contrato com Figo

Gestores da Taguspark esconderam de Isaltino valor do contrato com Figo - Económico


Valor do contrato quase iguala lucros da Taguspark em 2009.

Os três elementos da Comissão Executiva do Taguspark que foram acusados de corrupção passiva esta semana no âmbito do caso Figo/Taguspark deram uma informação truncada a Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, accionista maioritário do parque tecnológico. Ao autarca foi dito que o valor do contrato a celebrar com o ex-futebolista era apenas de 300 mil euros, quando o encargo global envolvia 750 mil euros por três anos.

2 comentários:

Makaveli disse...

Bom só de pensar como é que um dos "Boys" ficou em segundo lugar em Oeiras dá muito que pensar.

Aliás como é possível um concelho de Licenciados ter elegido um Presidente a contas com a Justiça e ter ficado em segundo um daqueles "Boys" mais papistas que o papa...

... enfim...

O Nosso País só vai para a frente quando os interesses do País estiverem acima dos pessoais.

É urgente estes "Boys" partidários serem "reciclados". Qualquer pessoa que veja um congresso de qualquer político vê os "parasitas" que por lá andam.

O Derrube do Sócrates não foi feito pelos seus inimigos mas sim pelos próprios amigos. Espero que Passos Coelho não tropece na mesma asneira.

É importante que exista um acordo e uma base de entendimento entre o PS e PSD para uma estratégia comum ao País nestes próximos anos. Seja boa ou seja má temos que ter um rumo no nosso País.

Anónimo disse...

Quem ainda acredita que o Isaltino não tinha conhecimento? O nº 2 da Comissão Executiva do Tagus Park chama-se Vitor Castro e é marido da Vereadora Madalena Castro! O Isaltino colocou-o lá e não sabe o que se passa ? Ou o Vitor Castro é também incompetente como a mulher ou então o Isaltino está como sempre a mentir!