sexta-feira, 30 de julho de 2010

Quando se perde um AMIGO

Hoje perdi um AMIGO. Um amigo de há três décadas que esteve sempre presente nos bons e maus momentos; principalmente nos maus momentos em que tratou e minorou o sofrimento dos meus bichos queridos, com o carinho e sabedoria de médico experiente, no altruísmo para com os animais abandonados que por vezes lhe levava para tratar. É sempre triste perder um amigo que parte cedo. Hoje perdi um AMIGO!

4 comentários:

Helder Sá disse...

Como amigo de animais que sou (adoro animais) o AMIGO da minha AMIGA meu AMIGO É. Quando os animais perdem um defensor, todos nós, os que gostamos dos animais, ficamos mais pobres. PAZ À SUA ALMA!

Rui Freitas disse...

Lamento profundamente, Amiga Isabel.
Com a agravante de, quanto mais conheço certos "homens", mais gosto dos animais e de quem deles gosta.

Fatima disse...

Lamento muito Isabel. Abraço

TONE disse...

:*