quarta-feira, 6 de outubro de 2010

2010 – Algés – 40


Os SMAS e as perdas de água no mercado



Aqui no Mercado de Algés as bancas do peixe têm uns pequenos tanques com água canalizada. Acontece, como se pode ver pelas fotos que há pelo menos três torneiras que nunca fecham e a água corre… corre. Só quando o mercado fecha é fechada a água geral e as torneiras secam.






Este problema já foi transmitido superiormente para que as torneiras sejam arranjadas ou substituídas de modo a só verterem água quando é mesmo necessário. Parece que já lá vão três meses!



E depois há as campanhas de poupança deste precioso líquido?!

Imagens: Maria Clotilde Moreira em 6.10.2010

12 comentários:

Daniel Simões disse...

À razão de água que a foto apresenta, são com certeza alguns milhares de litros por dia... em 3 meses, é realmente uma inconsciência muito grande por parte de todos: do SMAS e de todos os que estão sendo testemunhas!!!

Isabel Magalhães disse...

Um desperdício destes é um crime contra o ambiente e o bolso do consumidor.

Tanta campanha de sensibilização... Bem prega Frei Tomás!

Anónimo disse...

Realmente que desperdício! E os consumidores do concelho de Oeiras a pagarem a água caríssima .

Marquês disse...

A atitude cívica da D. Clotilde Moreira é de louvar. Esperemos é que nao caia em saco roto e que alguem da CMO veja as fotos e leia o post. Já agora gostaria que a autarquia dissesse alguma coisa e nao ficasse pelo habitual silencio ensurdecedor.

Anónimo disse...

E não há ninguém que confira os gastos mensais de água? Mesmo só para estatistica os SMAS podiam ver os gastos anormais destes clientes especiais.
De Tercena

AFS disse...

Tanta água Campilho desperdiçada. Pode ser que algum daqueles artistas patrocinados pelos SMAS decida ajudar.

Anónimo disse...

AFS: você foi mesmo mordaz, mauzinho mesmo. Acreditando na D. Clotilde, que tal as pessoas deslocarem-se ao mercado de Algés para verem com os seus próprios olhos esta vergonha desaforada? Mais: por que não enviarmos todos um email para a CMO geral@cm-oeiras.pt CC isaltino.morais@cm-oeiras.pt ou presidente@cm-oeiras.pt ?

Anónimo disse...

No dia 27 de Janeiro foi assinado com pompa e circunstância um protocolo de delegação de competências entre a CMO e as 10 Juntas de Freguesia. Todos os jornais da zona - Jornal da Região, Jornal de Oeiras e o Correio de Oeiras -deram destaque a este acto. Pergunto: as Juntas receberam o dinheiro previsto no protocolo? Se sim, o que é que a Junta de Algés fez ao dinheiro para nao reparar as torneiras?

AFS disse...

Anónimo,
Tenho esse hábito de ser mauzinho (às vezes até sou infantil e mal educado, mas passa-me rápido, acredite).

Neste momento não me dá jeito ir ao mercado de Algés, talvez lá para sexta-feira ;-)

Estou certo de que o problema se resolverá graças às "Senhoras Donas" deste blog e muitos munícipes que são exemplares (pelo menos nisto, o resto não sei) como cidadãos.

Clotilde Moreira disse...

Informo que este assunto e estas fotos foram também enviadas para a CMO, SMAS e Junta da Freguesia.
Clotilde

Anónimo disse...

Estas fotos comprovam o concelho de "excelência". Oeiras melhor município para trabalhar, Oeiras melhor município para estudar, Oeiras melhor município para esbanjar (água).

Marquês disse...

O que se passa no mercado de Algés merece a intervenção de entidade superior e, sobretudo, a divulgação em órgãos de comunicação social de expressão nacional para que se veja o município de "excelência" gastadora que é Oeiras.