segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Linda-a-Velha, 2010 (27b)

Segunda-feira, 17:40

E agora, "La crème de la crème"; a Praceta António Enes.







Aqui não se trata de um caso pontual mas sim de uma situação de todos os dias. Até quando?


Imagens: IM

16 comentários:

Clotilde Moreira disse...

É o que se pode chamar lixo de todas as maneiras e em todo o tipo de recipiente: grandes, enterrados largos, enterrados estreitos, com côr, metálicos...
Viva o civismo do povo de Oeiras. Também vai haver prémios internacionais para este este Municipio entregue em festa badalada?
Clotilde

Anónimo disse...

Isto é o pão nosso de cada dia em Oeiras. Acreditem: a culpa não é dos cantoneiros, nem dos motoristas, e vou dizer porquê. No dia 6 de Outubro havia 24 (!) viaturas afectas à recolha do lixo inoperacionais (o código interno é INOP), na manhã de hoje havia 26, numa frota de 34 viaturas. Foram alugados 5 carros à Suma. A resposta é esta: o departamento de viaturas e manutenção está ingovernável, não há dinheiro para peças, não há dinheiro para pagar aos fornecedores e reparadores (Volvo, Man, Daf, Mercedes). Perguntam: há dinheiro para alugar à Suma mas não há para comprar peças ou pagar aos reparadores? Isto é uma politica de terra queimada, é o argumento para entregarem o lucrativo negócio do lixo a uma empresa privada, mas uma das muitos que comem do orçamento municipal.

Isabel Magalhães disse...

Quando estava a fazer as fotos na Praceta António Enes fui abordada por dois moradores. Queriam saber se era para enviar à CMO ou a algum jornal. E acrescentaram que é recorrente telefonarem inclusivé para a Polícia.

Isabel Magalhães disse...

Caro Leitor [22:16];

Pois... tinha que haver uma razão para a recolha não estar a ser feita devidamente. Com um tão reduzido número de viaturas outra coisa não seria de esperar.

Mas, e e volto a bater no mesmo ponto, o povo é porco e os comerciantes não dão instruções ao pessoal. Eu ando na rua pontualmente e vejo os empregados das lojas a deixarem as embalagens no chão.

Isabel Magalhães disse...

Cont.

Assim como também vi hoje moradores que ao encontrarem as ilhas cheias deixaram os sacos com lixo ao lado.

Anónimo disse...

As culpas são partilhadas. Este é resultado duma alteração RADICAL na desposição e recolha de lixos. Ninguém foi ouvido: nem técnicos, todos eles subservientes ao poder político, nem a população. A Madalena quis e assim se fez. Com prepotência só podia dar nisto. Não houve sensibilização, não há nada. D. Isabel, se souber responda: no tempo do Vereador José Eduardo Costa (PSD), que liderou o Ambiente até 09/2005, havai esta cagada? A Polícia Municipal não aparece, mas aposto que no domingo, em mais uma almoçarada dos confrades e confreiras do vinho de Carcavelos ela vai estar presente. Não há dinheiro para nada, para caganças e festanças já há.

Isabel Magalhães disse...

Caro Leitor das 22:55;

Em resposta à sua pergunta, NUNCA vi a vila como hoje. Quando o José Pedro Barroco era presidente da JF a vila de Linda-a-Velha estava limpa. Antes disso, durante a presidência do Sr António Moreira - que coincide com o mandato do vereador José Eduardo Costa - iden iden. Quando pontualmente havia lugar a alguma 'observação' qualquer um deles se apressava a vir ver do que se tratava.

De vez em quando envio e-mails para a CMO acerca de assuntos que vou divulgando aqui. UM deles tem sido o estado de abandono em que se encontra a área sanitária canina do Jardim das Tílias. O 'geral' agradece e diz que vai encaminhar mas do 'destino' não respondem e a cancela está partida desde Fevereiro último e falta o fecho já faz no Natal 2 anos. São as tais pequenas coisas de que fala a Clotilde. A manutenção, digo eu!

Marquês disse...

A degradação é geral: em Algés, na rua das Estátuas o cenário é o mesmo, sobretudo cartão canelado que com o vento voa. Aquele sítio não deveria ter aqueles depósitos de lixo, a recolha deveria continua a ser porta-a-porta. Oeiras é um concelho sujo MAIS À FRENTE:

Isabel Magalhães disse...

A rua das estátuas é um nojo. E convém não esquecer que é uma rua maioritariamente de restaurantes. Como é que se pode ir comer a uma rua tão suja? A mim tirava-me o apetite...

Isabel Magalhães disse...

Tenho pena do retrocesso do nosso concelho! Na minha freguesia desperdiçou-se um ano.

Anónimo disse...

Em Oeiras desperdiçaram-se, para já, 5 anos. E depois vem Paulo Vistas falar em prolongament do passeio marítimo e de novo porto de recreio em PA. Do que é básico não tratam eles.

Anónimo disse...

Lixo???? O que interessa é fazer grande como o Marquês fez os palácios. Só falam em marinas e passeios maritimos, hoteis e torres no Jamor, abastardar o Palácio de Paço de Arcos. Viva Oeiras sem rei nem roque.
De Tercena

L.O.Lopes disse...

Isabel;

Ontem a sua freguesia ganhou a taça da sujeira. Estranho não haver leitores a enviar fotos de outras freguesias...

Anónimo disse...

Respondendo ao desafio de L. O. Lopes, vou enviar logo possivel fotos de Carnaxide. Para já o título de FREGUESIA MAIS À FRENTE (A DESPEJAR) é para Linda-a-Velha, em 2.º lugar Algés.

Clotilde Moreira disse...

Obrigada pelo 2º lugar. Mas vão ver se não fico em 1º ex-aequo com Linda a Velha. Esperem!
Clotilde

Isabel Magalhães disse...

L O Lopes;

Prefiro uma bicicleta. Pode ser?




Caro Leitor [26 de Outubro de 2010 14:28]

Agradecemos e ficamos a aguardar a sua colaboração.