quarta-feira, 13 de julho de 2011

Assim mesmo é que é!


Clique para ampliar


6 comentários:

Luis Bento disse...

O que acho curioso é o facto de os antigos governantes, responsáveis máximos deste estado de coisas, mostrarem-se agora muito chocados com o aumento de impostos e com o previsível aumento de recessão... como se não tivessem nada a ver com o assunto...Sócrates e os seus capangas é que deveriam estar a amargar com tudo isto.

Isabel Magalhães disse...

Caro Luís Bento;

Se Portugal fosse um País asseado seria como diz; Sócrates e a comandita teriam de prestar contas do esbulho e do desgoverno. Assim, vamos pagar nós todos e ainda temos que ouvir os que 'Vêem o filme ao contrário'...

Gostei de o ver por cá. ;)

Leite Pereira disse...

Acho a medida acertada pois demonstra que o Governo pretende dar o exemplo. Pergunto só se esta medida também obriga as autarquias . E para quando estabelecer um teto para a aquisição de viaturas oficiais. Terão que ser todas Mercedes, BMW e Jaguares?
Leite Pereira

Isabel Magalhães disse...

Bom dia, Caro Leite Pereira;

Subscrevo o seu comentário e faço minhas as suas perguntas. Faço ainda outra: se os ministros e secs de estado deixam de poder usfruir das viaturas oficiais para uso pessoal porque não alargar a medida aos presidentes de câmara?

Anónimo disse...

Claro que devem ser de gama alta para os stands ganharem dinheiro e para impressionar quem nos visita. Se calhar um ministro ia andar de fiat 600?

Isabel Magalhães disse...

* "usufruir", obviamente.