quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Linda-a-Velha, 2010 (23)

Como diria a nossa amiga Clotilde Moreira, retomemos o post Linda-a-Velha, 2010 (19) referente ao portão da mata do Jamor na Av. Duque de Loulé.


O portão continua aberto ao trânsito desde o último Estoril Open sem que o IDP - Instituto do Desporto de Portugal, entidade gestora da mata na sua vertente florestal e na do equipamento desportivo, tenha tomado as devidas medidas para salvaguardar a segurança dos peões.


Lembra-se, também, que após as obras que tiveram por finalidade alcatroar a estrada que liga a Estrada da Costa na Cruz Quebrada à Carreira de Tiro junto a Linda-a-Velha, esqueceram-se de mandar recolocar os sinais existentes que limitavam a velocidade de circulação a 30 kms. Assim como também não houve a ideia de providenciar um maior estacionamento junto à Carreira de Tiro quando foi dada concessão ao "Parque Aventura do Jamor", prevendo de antemão o aumento do número de viaturas, o que tem causado um estacionamento selvagem que prejudica a segurança dos que por ali circulam a pé, sózinhos ou com crianças. Por "esquecimento" também não foi condicionado o acesso a veículos de grande dimensão que ficam depois impedidos de fazer a manobra junto à Carreira de Tiro.


Hoje de manhã, um autocarro de 19 metros de comprimento, dos que têm fole ao meio, que trouxe crianças ao 'Parque Aventura', sem poder inverter a marcha no local, restava-lhe a alternativa de fazer o caminho em marcha atrás até à Cruz Quebrada, em contra-mão, porque o acesso ao Parque Aventura / Carreira de Tiro tem duas vias, uma ascendente em piso alcatroado e outra descendente em paralelipedo. A outra opção, que não sei se foi a que o motorista tomou, seria passar o portão da mata, entrar em Linda-a-Velha e tentar inverter a marcha no estacionamento do ginásio ali existente ou, mais acima, no cruzamento da Av. Duque de Loulé com a Av. D. Pedro V. Qualquer uma das opções implica um notório grau de dificuldade dada a estreiteza da zona do portão e das referidas avenidas.

Estará o IDP a par deste assunto? E o sr presidente da junta de freguesia de Linda-a-Velha? E a CMO?

5 comentários:

Anónimo disse...

Senhora D. Isabel
Que grande confusão. Parque Aventura é isso mesmo. Tentar criar situações com notórios graus de dificuldades.
De Tercena

Isabel Magalhães disse...

Caro De Tercena;

O "Parque Aventura" tem a grande vantagem de manter limpa uma área de uns quatro hectares. O IDP é que deveria ter pensado nas infraestruturas necessárias quando lhe deu concessão.
O portão aberto deve-se a falta de "cash" para uma nova fechadura já que a existente foi destruída pelos "amigos da noite" que por ali abundam, assim como o portão mais pequeno existente junto ao jardim da Rua Bernardo Santareno e o grande portão junto ao Moinho do Balteiro, que também estão vandalizados nas fechaduras e nos gonzos, o que nos remete para o capítulo da falta de segurança...

Amigos do Estádio Nacional disse...

Na nossa opinião, é urgente que esse portão seja fechado, a menos que a ideia seja transformar o caminho entre o estacionamento do ténis e o ginásio Solplay numa estrada entupida de trânsito! É que é um atalho que vem mesmo a calhar para muita gente!
Por outro, achamos que o estacionamento na mata deve ser desincentivado e não encorajado. Por isso, mais um motivo para fechar esse portão!
Quanto aos autocarros com crianças, as que podem fazer as actividades do Parque Aventura também podem seguramente fazer a pé as poucas centenas de metros entre o estacionamento do ténis e o dito! Não há qualquer necessidade de serem deixadas "à porta"!

Isabel Magalhães disse...

Caros Amigos do Estádio Nacional;

Não são só os autocarros. Há pais, que se pudessem, estacionavam a viatura debaixo da árvore que tem a escada de madeira fixa onde se inicia a aventura dos mais pequenos.

No estreito caminho empedrado a basalto que liga a zona do estacionamento da Carreira de Tiro ao portão da Av Duque de Loulé foram colocadas, de ambos os lados, pedras de dimensões consideráveis para impedir o estacionamento. Pois eu já vi condutores a desviarem esses pedregulhos para poderem estacionar mais perto do Parque Aventura.

A meio desse caminho empedrado já há uma enorme "cratera" que dentro em breve não permitirá a passagem a algumas viaturas ligeiras e que quando vier o inverno e as chuvas irá dificultar a vida aos peões.

Anónimo disse...

Diz a senhora que o Parque Aventura tem a vantagem de manter limpa a área onde se encontra? Não sei onde será isso porque o que limpam é só a entrada junto ao briefing e ainda trouxeram um acréscimo de lixo doméstico dos lanches e festas de aniversário que ali realizam. Mas como diz e bem o estacionamento selvagem está a destruir o coberto da mata. Isso sim!