quarta-feira, 5 de outubro de 2011

36 – Algés – 2011

Semáforos na Rua Damião de Góis



Hoje estavam a funcionar no troço entre a Zinia e a passadeira de peões junto ao Parque Anjos.

Acontece que a maior parte das pessoas, de carro ou a pé, como nunca ali existiram (que nos lembremos) continuavam a circular como antigamente. Os condutores mais atentos, mesmo sem peões, paravam com os de trás a buzinar porque não sabiam que o vermelho é para parar. Os peões mesmo com vermelho na passadeira continuaram a atravessar como anteriormente faziam.



Não será de, enquanto as pessoas não se habituam a esta modernidade, haver ali um Senhor Agente, para sensibilizar os distraídos a cumprirem estas tão elementares regras de atenção?



Telefonei à Policia de Miraflores a dar-lhe conta do que assisti esta manhã naquela zona de Algés e amanhã irei tentar sensibilizar a Junta de Freguesia.


8 comentários:

José António Baptista disse...

Clotilde,

Tanto para os condutores como para os PEÕES existem multas, no caso de desrespeitarem a sinalização luminosa. Assim como com as 'zebras'. Está no Código da Estrada ( que não é só para os veículos automóveis ).

Pôr um agente de autoridade, só se for para multar, o que acho muito bem. Quem não cumpre a lei deve pagar.

Para sensibilizar, não acredito.
É só o agente virar costas e volta tudo ao mesmo.
Sabe-se bem que é esta a natureza humana. Só a 'sanção' pode meter as pessoas na ordem.

Em complemento, deve ser feito um investimento na sensibilização, aí sim, dos mais jovens, nas escolas, para que no futuro tenham um comportamento adequado.

Os gimbras, os 'velhos'... Bah... "Burro velho não aprende línguas"!

Isabel Magalhães disse...

Clotilde;

Admiro a sua persistência. Palavra que admiro e espero que dê frutos porque eu sou optimista. Não sei é onde a PSP irá buscar os agentes porque sabemos da falta de meios humanos e mecânicos.

Pode ser que - entretanto - o ministro faça o que disse recentemente: tire os agentes que estão à secretária e os ponha a exercer as devidas funções.

E já que se fala de Algés uma pequena curiosidade: Do lado oposto da rua há um estacionamento pago ao lado do INA. Tem por lá uns 'cómicos' que 'convidam' os automobilistas que ali vão estacionar a dar-lhes a moeda. E pergunta o automobilista estupefacto: E se vier a Polícia? Se vier a Polícia - dizem eles - nós vamos à máquina buscar o ticket.

Clotilde Moreira disse...

José António
Estiveram muito tempo sem funcionar e começaram a funcionar quando ninguém já acreditava. Eu penso que devia haver uma sensibilização, um aviso que iriam funcionar e depois... mais tarde multar. Deixe-me acreditar que as pessoas estão distraide.
Um abraço
Clotilde

Clotilde Moreira disse...

Isabel
Eu penso que um Agente podia ter uma função pedagógica e depois... multar. E olhe que talvez fosse uma fonte de rendimento para a Policia.

Eu não uso esse parque que refere e não tenho visto ultimamente os "cobradores" mas sei que existiram. Lá qual era o contrato não sei. Pensava que além do ticket eles queriam uma moeda.
Vou estar com mais atenção.
Um abraço
Clotilde

Isabel Magalhães disse...

Clotilde;

Eu tb defendo que a Polícia tenha uma acção sensibilizadora e que quem infringe seja multado. Infelizmente há muita gente que só aprende quando lhes tocam onde dói: na carteira.

Anónimo disse...

Pois é, infelizmente com as medidas impostas pela troika e pela Sra. Merkel, medidas essas que TODOS aqui apoiam sem excepção, é complicada a contratação de mais funcionários publicos, de meios, de equipamentos. No caso dos policias até lhes vão tirar as horas extraordinárias pelo que o policiamento será menor ainda.
Em Faro, câmara de um ilustre social democrata, optou-se por desligar a iluminação publica para poupar na electricidade, já que a factura com o aumento do IVA pesa e muito. Isto trás consequências óbvias ao nivel da criminalidade e em Oeiras e restantes concelhos esta prática vai acabar por acontecer também.
Continuem a concordar com tudo o que vem emanado da Troika, continuem a ser alunos bem comportadinhos, graxistas e depois olhem com atenção para o que estão a fazer à Grécia.
Infelizmente sou o único Comunista neste espaço, mas felizmente que cada vez mais portugueses aderem ao PCP, anónimos, gente humilde e trabalhadora que se vai aprecebendo que só com o PCP é que isto vai lá.

Pedro Correia

Isabel Magalhães disse...

Olhe que não, Pedro Correia! Olhe que não! Não seja faccioso... Há quem não apoie tudo mas há quem ache que há compromissos que têm que ser honrados. Do seu texto podemos tirar a seguinte conclusão: Quando pede alguma emprestada a alguém a 'meio do jogo' altera as regras e depois diz que não devolve ou que não paga. É isso?

Isabel Magalhães disse...

* alguma coisa emprestada... obviamente.