domingo, 16 de outubro de 2011

“Foi uma obra desastrosa”

“Foi uma obra desastrosa”


Investigação: Processo começa a ser julgado dia 19

“Foi uma obra desastrosa”

"Foi uma obra desastrosa porque foi muito cara e não conseguiu resolver o objectivo ambiental a que se propunha. Foi mais um péssimo investimento público." As palavras são de Carlos Pinto (PSD), presidente da Câmara Municipal da Covilhã, que desde "o primeiro momento" foi contra a construção, naqueles moldes, do aterro sanitário e da Central de Compostagem da Cova da Beira.

(...)

1 comentário:

Anónimo disse...

Motivos cívicos de força muito grande forçam-me a usar o vosso mail para vincular este alerta,
Peço desculpa, desde já.

Por favor tomem conhecimento do conteúdo deste blogue e defendam-se:
http://recusecontadoresinteligentes.blogspot.com/

Passem e repassem a informação junto dos vossos amigos e colaboradores, é preciso que a verdade se saiba.
Obrigado