segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Santana: "Se vencer as eleições o Terreiro do Paço fica como estava"


Aos 53 anos, Santana Lopes volta a candidatar-se à Câmara de Lisboa, com toda a direita unida em torno de si - PSD, CDS-PP e PPM, além do Partido da Terra - e enfrentando uma vez mais um adversário de peso, António Costa. Resta saber se a história se repetirá e se poderá voltar a contar com o voto dos bairros sociais, onde vive um quinto da população da cidade.

Leia a entrevista aqui

8 comentários:

Anónimo disse...

Tal como a sua chefe de fila - encarna os "Velhos do Restelo"
Não seria melhor o Terreiro do Paço, voltar ao Parque de estacionamento?
Santana deixou ficar a Camara sem tostão e como não tem nada para dizer, apresenta estas larachas como máscara para a sua inaptidão para o cargo.
Que volte à Figueira da Foz...

Isabel Magalhães disse...

Já que estamos numa de 'conselhos' e sugestões porque é que o anónimo não se documenta melhor sobre o projecto do Terreiro do Paço da autoria do actual executivo da CML?

Eu dou uma ajuda; veja no arquivo do nosso blogue ou num qualquer motor de busca à distância de um clique.

Isabel Magalhães disse...

http://oeiraslocal.blogspot.com/2009/06/cidadania-lx-peticao-urge-um-debate.html

http://oeiraslocal.blogspot.com/2009/06/tribunal-mandou-parar-as-obras-no.html

http://oeiraslocal.blogspot.com/2009/06/inacreditavel.html

AFS disse...

Um quinto da população de Lisboa mora em bairros sociais. Como é aí recebido?
Muito bem. Deram um contributo muito importante para a minha vitória de 2001. Não faço ideia se vão voltar a votar em mim, mas é por estes bairros que tenho andado.

Mas, mas... isto faz-me lembrar alguém... caramba, não me lembro agora...

anunciação disse...

Uma ajuda ao AFS : ISALTINO .

Anónimo disse...

A propósito, por andam os milhões que Santana Lopes deu a ganhar, gastando, para o projecto do Parque Mayer.
Convem recordar...
SLB

Anónimo disse...

A dificuldade em entender a necessidade do TGV, está para aqueles que acham que este país é um jardim à beira mar.
A Espanha está a colonizar Portugal, por via dos serviços, do comercio de bens, da aquisição de empresas, fábricas e propriedades.
Fazem o que os nossos empresários não sabem fazer.
O AVE (TGV) em Espanha é um bom exemplo

Oeiras Local disse...

Comentário 24 de Agosto de 2009 21:18


Vc quando vem ao OL fica nervoso, come as palavras, baralha-se todo...
Já pensou ir ao médico?
Tome um XANAX, homem!