terça-feira, 25 de agosto de 2009

Se eu mandasse no Município de Oeiras


VIII – Iniciava uma politica de preocupação com coisas pequenas, tais como:

a) – Bancos de jardim – Mandava fazer uma revisão dos bancos de jardim e tornava-os confortáveis – muitos não têm costas, têm assentos de madeira e costas desencontrados como no Largo 5 de Outubro em Oeiras. Implementava bancos em semi-circulo para fomentar o convívio.

b) - Espaços Verdes – Continuava a apostar e alargar os espaços verdes tentando envolver os moradores na preservação destas zonas.
c) – Ribeiras – Apostava na sua recuperação, aproveitando muitos dos estudos já existentes, mas impondo tanto quanto possível às várias entidades que não empatem mais.

d) – Aplicava com carácter de urgência políticas de desratização e contenção de pombos seguindo as normas de saúde pública.

e) – Sensibilizava os moradores para não alimentarem animais na rua podendo mesmo promover a aplicação de multas.

f) – Promovia uma constante limpeza das envolventes de edifícios e matas de modo a prevenir fogos, aplicando as técnicas necessárias à abertura de caminhos para facilitar os acessos.

12 comentários:

Isabel Magalhães disse...

Clotilde;

Em suma, são necessárias equipas de manutenção e mais policiamento dia/noite

b) Visitei ontem o Parque Urbano da Quinta de Sto António, em Miraflores. É um espaço muito bem cuidado e equipado, bonito de se ver. Está mesmo vedado com cerca e portão, encerra durante a noite mas os equipamentos estão já grafitados.


Na alínea d) gostaria de focar que aqui na freguesia as baratas já são visíveis na via pública e muitos moradores queixam-se de as ter em casa, mesmo em edifícios recentes. Tenho-as visto na rua, à noite, e são da espécie castamha, voadora e de grandes dimensões.

_______

Para os que gostam de vir aqui dizer disparates lembro que este comentário não é um ataque à CMO pelo que estão dispensados do serviço.

Clotilde Moreira disse...

Isabel,

Atrás da minha casa há ratos que são visiveis do 6º andar e muito confirmados pela vizinha do 1º. Tendo pedido desratização a Junta de Freguesia respondeu-me em 21 do corrente com a resposta do Municipio:

“ Em deslocação ao local e após verificação, a ISS Pest Control apurou um grau de infestação “fraco”, pelo que não se justificou a intervenção (desratização).”

Quantos ratos terão de eixtir para deixar de ser fraca?

Clotilde

AFS disse...

Isabel,

Confirmo que as baratas apareceram também por aqui... pela primeira vez o ano passado, mas este ano está pior.

Isabel Magalhães disse...

Clotilde;

Contra a praga de ratos pode-se sempre recorrer ao 'Flautista de Hamelin'...

Contra as baratas não sei. Sei que voam! ARGH!

Isabel Magalhães disse...

André;

A sua confirmação não me tranquiliza... antes pelo contrário! :D

Isabel Magalhães disse...

Clotilde;

Sobre a alínea e) já há - infelizmente - uma lei que proíbe e multa quem alimenta animais errantes e abandonados. Não há, todavia, uma lei, - a exemplo do que acontece em países civilizados - que puna os que abandonam e maltratam, nem obriga os municípios a criarem condições para esses animais.

Creio que era uma promessa da CMO a construção de um novo canil mas neste mandato isso não aconteceu. Mantêm o programa da vacinação, promoveram umas acções de adopção, uns microships mais baratos para os cães dos cidadãos de baixos recursos e daí não passaram.

Sendo Oeiras o tal concelho rico, havendo, inclusivé, e se não estou em erro, um espaço já destinado ao novo canil, faltou apenas o empenho.

[]

I.

AFS disse...

Isabel, sobre esse assunto o 'grande líder' tem um 'projecto' no seu site:

http://www.isaltino.net/Grandes%20Projectos/CanisGatis.pdf

anunciação disse...

E já agora, o sr. Pedro Simões vereador tinha esse pelouro, e nada fez, porque estava ocupado a atender os munícipes que lhe ligavam.

Clotilde Moreira disse...

Isabel,

Tem razão quanto ao abandono dos animais que metem dó às vezes com o pelo com peladas. Penso que quando têm doenças as pessoas os largam na rua.

Faço votos para se encontrar uma solução para os animais abandonados.

Clotilde

Isabel Magalhães disse...

André;

Bom dia;

Obrigada pelo link.

I.

Isabel Magalhães disse...

Clotilde;

Se fosse só isso!

Cada vez são abandonados mais animais e já nem escapam os que estão bem de saúde e os de raça.

A ausência de uma Lei contribui para isso.

A falta de educação, civismo e esclarecimento dos cidadãos é revoltante. Se a Clo soubessem o que se passa, se soubesse a tortura a que são submetidos os que não têm posibilidade de se queixarem...

Espero que o PpA consiga ser partido e seja uma voz na AR, seja a voz dos que não têm voz.

Isabel Magalhães disse...

Anunciação;

Como se sabe o vereador Pedro Simões [PSD] aceitou pelouro tardiamente. No início do mandato [2005] os canis foram tribuídos a uma vereadora [IOMAF] que também negligenciou o assunto.